segunda-feira, 12 de novembro de 2012

14 de Novembro - Dia Mundial do Diabetes



Ultimamente estamos presenciando um aumento dos casos de Diabetes no mundo todo. Por isso a importância deste dia para que esta doença receba a devida atenção. Os portadores de diabetes, os familiares de pacientes e aqueles que estão com risco de desenvolver a doença devem ser educados para lidar adequadamente com este problema.

Abaixo um texto com as principais características do Diabetes.


O problema.

Atualmente existem 300 milhões de portadores de diabetes em todo mundo. A previsão em 2030 é que teremos 500 milhões de diabéticos, confirmando uma epidemia global da doença. Isto gera a necessidade de ações voltadas à prevenção e tratamento do diabetes.

O que é diabetes ?

O Diabetes Mellitus é caracterizado pelo aumento da glicose (“açúcar”) no sangue. Enquanto indivíduos sem a doença apresentam taxa de glicose no sangue variando entre 60 e 140 mg/dl , o paciente portador de diabetes apresenta valores geralmente maiores que 200 mg/dl. O mecanismo que leva à esta disfunção é complexo, mas podemos apontar como principais causas: excesso de gordura abdominal, sedentarismo, idade avançada, falência do pâncreas (órgão que produz a insulina)e herança genética (familiares diabéticos)

Mudanças de hábito para prevenir e tratar o diabetes

Atividade física, principalmente aeróbica (caminhada, natação , bicicleta ) , iniciando devagar até chegar a 150 minutos por semana ( ex. 30 min 5 x semana), exercícios resistidos (ex. musculação) também apresentam benefícios no controle da glicemia e podem ser acrescentados.
Não fumar e evitar bebidas alcoólicas.

O que comer e o que evitar ?

-Carboidratos : excluir alimentos ricos em açúcar ( doces, bolos, chocolates, refrigerantes, mel) , reduzir a quantidade de arroz , massas e pães. Dar preferência a preparações integrais (arroz integral, pão integral). Comer de 3 a 5 frutas por dia. Utilizar adoçantes.
- Gorduras: Evitar carne vermelha, embutidos, frituras e queijos amarelos. Consumir óleos vegetais: azeite de oliva, óleo de canola, castanhas e nozes.
- Comer alimentos ricos em fibras: saladas, legumes, aveia, cereais de trigo e leguminosas (feijão, ervilha , lentilha e soja). Atenção: mandioca e batata devem ser consumidos com moderação.

Tratamento com medicações

O paciente diabético conta hoje com um verdadeiro arsenal de medicações, cada uma atuando de forma diferente na doença. Não é incomum o paciente utilizar 2 a 3 tipos diferentes de comprimidos associados ou não à insulina.
O tratamento medicamentoso é individual, levando em consideração o tipo de diabetes e aspectos metabólicos de cada paciente. Por isso a importância do médico endocrinologista para auxiliar na escolha do melhor tratamento.




Nenhum comentário:

Postar um comentário